19 3865.1041
O Centro Automotivo    Serviços    Dicas do Mariano    Localização    Contato
     
     
 

O cuidado com os pneus passa antes de tudo pela escolha de uma boa marca. Por boa marca entenda não somente um produto de qualidade (o mínimo que se deve exigir), mas também a responsabilidade ambiental, que tem como um de seus itens o destino correto dos pneus descartados, por exemplo, entre outras práticas.

A partir daí, diversos itens contam para a melhor conservação dos pneus do seu automóvel.


Calibração: Toda a tecnologia implantada no desenvolvimento de um pneu não é suficiente para garantir a sua performance caso ele não seja calibrado corretamente. Quando as condições de pressão não são adequadas acabam comprometendo a segurança do veículo (diminuição da estabilidade e dificuldade de condução) e aumentando o consumo de combustível. A falta de atenção com a calibragem também diminui em 30% a vida útil de um pneu. Entre os principais fatores que causam a perda de pressão estão furos, válvulas com mau funcionamento e rodas amassadas. O excesso de pressão também é prejudicial, pois nesses casos o pneu mantém seu contato com o solo apenas por meio da parte central da banda de rodagem e se desgasta com muito mais rapidez. As distâncias de frenagem também são maiores.

Recomenda-se que a calibragem de pneus seja feita a cada quinze dias, incluindo o estepe, sendo ideal calibra-los quando estiverem frios, respeitando sempre a quantidade de libras ideal indicada pelo fabricante.

 

 
Rodízio: O rodízio aumenta a vida útil do pneu e deve ser feito a cada 10 mil quilômetros, sendo seguido pelo alinhamento e cambagem (o ângulo de inclinação das rodas). O rodízio também dá a oportunidade de avaliar se o pneu possui cortes ou furos. Para verificar o desgaste, observe periodicamente o indicador de desgaste da rodagem (TWI), que existe em todo pneu e mostra o limite certo para se efetuar a troca.


Pneus novos:
Apesar de a troca parcial dos pneus ser mais econômica o correto é trocar todos os pneus antigos por novos ao mesmo tempo. Ao longo da utilização, eles ficam com a mesma concentração de desgaste e comportamento similar. Porém, no caso da impossibilidade da troca das 4 peças, o correto é deixar os pneus novos na parte traseira do carro (principalmente em veículos com tração dianteira), porque ela precisa mais de aderência, uma vez que não conta com a força motriz.

Veja o video referente a troca de apenas 2 pneus. Onde deve ser inserido, na dianteira ou na traseira?



Fonte: G1.com.br


voltar

     
     

Troca de Óleo Ar Condicionado Alinhamento Balanceamento Revisão Preventiva
Suspensão Pneus Auto Peças Regulagem de Injeção Eletrônica
Substituição de Correia Dentada Travas Elétricas e Alarme

Limpador de Para-brisa A Bateria Arrefecimento


Rua Belo Horizonte, n° 129 • Residencial João Luiz • CEP 13186-493 • Hortolândia/SP •19 3865-1041 (19) 98160-5722 (19) 98162-7528
2011 Copyright - Todos os direitos reservados.